Como aumentar suas vendas durante a Black Friday: melhores práticas

4 de novembro de 2016

As vendas na Black Friday em 2015 foram de R$1,6 bilhão em apenas 1 dia no Brasil. Não bastasse esse número exorbitante, a eBit, autora do estudo, prevê um aumento de 30% no faturamento ao longo do evento no Brasil. Com certeza você já sabe que deve utilizá-la no seu e-commerce. Mas você sabe como maximizar suas vendas durante o evento?

 

Já falamos aqui no blog da Ditiz sobre como se preparar para a Black Friday em sua loja virtual, agora vamos te mostrar como você pode potencializar suas vendas durante o evento.

 

São diversos os exemplos de marcas, como a Netshoes, que aumentaram seu tráfego em 60% durante o período em 2013. Se a Netshoes, que já tem um tráfego enorme, cujas variações percentuais dizem respeitos a quantidades de visitantes muito além do que pequenos e médios e-commerces recebem no ano, observou esse aumento em 2013, quando o evento era mais desaquecido… imagina a sua loja em 2016?

 

Esta é sua chance de vender, então não dê bobeira! Aprenda a melhor maneira de interagir com clientes para gerar vendas durante a Black Friday.

 

pessoas indo a loucura para comprar na Black Friday

Afinal, que lojista não quer clientes correndo e brigando para comprar seus produtos?

 

Promova anúncios para conseguir visitantes

 

Durante a Black Friday é, o período em que os anúncios no Facebook Ads, Google AdWords, ou até mesmo Bing Ads, estão mais caros em relação ao resto do ano. Todas as lojas virtuais competidoras estão querendo se destacar e aparecer na frente da sua marca… mas isso não quer dizer que você também não deve competir. Com o devido cuidado, suas campanhas podem ter ROIs excelentes, já que usuários da internet estão mais propensos a fazerem compras durante o evento.

 

Para maximizar seu resultado com anúncios, recomendamos que entenda como o consumidor se comporta durante a Black Friday para que possa direcionar anúncios cuja redação e imagem estão de acordo com o momento de consumo do seu público alvo para maximizar sua taxa de conversão de clientes.

 

Por exemplo, na noite do dia anterior, é válido criar anúncios chamando pessoas para conhecerem as ofertas (que ainda não estarão ativas para compra), já que esse é o horário em que as pessoas mais interessadas na Black Friday estarão pesquisando possibilidades de compra para conseguir garantir as ofertas que desejam. Estes anúncios seriam mais informativos e menos intrusivos, e devem buscar capturar emails de interessados para o email marketing durante o dia seguinte.

 

Um outro exemplo para como você pode utilizar esse conhecimento de comportamento durante a Black Friday, a noite do dia de Black Friday é quando pessoas curiosas que não estão tão acostumadas a comprar estão ativas e em busca de ofertas. Utilize em seus anúncios o conceito da escassez, afirmando que estoques estão quase acabados e da urgência mostrando que as ofertas já estão acabando seu prazo para conseguir aumentar sua conversão.

 

Quanto à veiculação destes anúncios, utilize o Facebook Ads, o Google AdWords tanto na ferramenta de busca como na rede de blogs e sites relacionados ao seu mercado do AdSense, o email marketing, as redes sociais de forma orgânica, influenciadores no Instagram, Twitter ou Facebook, e até mesmo em mídias físicas como cartões para clientes de suas lojas físicas, caso tiver.

 

	Boas dicas de marketing boca a boca para e-commerce

Quer saber como vender na Black Friday?

Cadastre seu email!

 

Chame a atenção de visitantes

 

Se você já conquistou a proeza de trazer consumidores para seu site no período da Black Friday, em que todos são bombardeados com ofertas e anúncios, um melhor que o outro, você deve maximizar sua conversão e chamar ao máximo a atenção de futuros clientes para seus descontos. Manter o site como estava no mês anterior não é uma opção.

 

layout black friday vs layout qualquer

No exemplo, a JCPenny sabe adequar muito bem seu site ao período de Black Friday. Com certeza sua conversão no layout da esquerda é muito maior que o da direita quando aplicado durante o evento.
Deixe seu site atrativo e de acordo com a Black Friday para não afastar curiosos

 

Selecionamos algumas dicas para você aplicar em sua loja virtual para fazer este exercício, mas lembre-se de não tornar seu site muito intrusivo e cansativo para quem está visitando com interrupções em excesso, saiba escolher exatamente o que você irá fazer. Com isso em mentes, recomendamos a inserção de:

 

  • Uma barra chamativa acima do menu de navegação com uma chamada para “descontos de até tantos %” e um botão direcionando para a página exclusiva para a Black Friday que você criou com nosso guia anterior;
barra de engajamento Black Friday das Lojas Americanas

As Lojas Americanas, por exemplo, fazem isso muito bem, chamando o usuário para se engajar nas promoções

  • Uma barra similar acima do rodapé do seu site para capturar aqueles que já passaram pelo seu conteúdo;
  • Um opt-in ou pop-up que surge após 20 segundos de o usuário estar no seu site, com uma peça gráfica bastante chamativa e, de certa forma, apelativa, para que o visitante clique no anúncio e vá para sua página de descontos Black Friday;
  • Outro opt-in similar que dispara quando o visitante ameaça sair da sua página (ele irá aparecer quando o usuário passar o mouse fora da área da janela ou trocar de guia no navegador) para tentar manter a pessoa no seu site.

 

Opt-in do Walmart para capturar email da Black Friday

A primeira imagem no site do Walmart: dá uma grande tentação de deixar o email, não é mesmo? Imagina para quem quer comprar?

 

	Boas dicas de marketing boca a boca para e-commerce

Quer receber outras dicas e conteúdos exclusivos sobre como aumentar as vendas no seu e-commerce?

Cadastre seu email!

 

Perdeu visitantes? Chame-os de volta para impulsionar vendas na Black Friday

 

Você fez de tudo para trazer visitantes para seu site e convertê-los com as dicas acima, mas, ainda assim, muitos saíram de carrinho vazio e carteira cheia… Se você quiser vender de verdade, você irá precisar do remarketing.

 

O remarketing é a ação de utilizar os passos de visitantes no seu site para chamá-los de volta através de anúncios na internet. São diversas as plataformas de anúncio que podem ser integradas para colocar esta estratégia em prática, o que te permite aparecer em um blog relacionado ao seu produto, ou até mesmo no Youtube em um vídeo totalmente diferente do que você vende… Tudo depende de como você coloca isso em prática.

 

Você pode fazer isso manualmente, exigindo o email de visitantes que queiram acessar as ofertas e, depois, enviando emails para esta base, ou utilizando ferramentas. Citamos as 3 mais utilizadas no mercado, mas basicamente o que provar eficácia e retorno deve estar no seu radar.

 

A Google consegue fazer isso automaticamente na sua ferramenta de busca através da integração do Google AdWords com o Google Analytics. A grande vantagem de fazer o remarketing no AdWords é o fato de que você consegue atingir apenas quem está buscando algo relacionado ao seu e-commerce, tornando a taxa de conversão muito maior. Ainda iremos escrever um artigo completo sobre o remarketing no seu e-commerce, mas até lá, sugerimos a leitura deste guia para o remarketing no Google AdWords.

 

exemplo de remarketing pelo Google AdWords

O Google AdWords consegue fazer remarketing através da rede de sites conectada ao Google AdSense, aparecendo não só na ferramenta de busca mas também em sites correlacionados ao seu negócio!

 

O Facebook também é muito bem sucedido em fazer isso através do Facebook Ads. Instalando o Facebook Pixel você consegue rastrear a atividade de usuários da rede social no seu site, capturando automaticamente os produtos que estão buscando e formando um anúncio no formato de “carousel” com todos os produtos e respectivos links. Você pode fazer isso criando campanhas com o objetivo de promover um catálogo de produto.

 

Anúncio Walmart

Neste exemplo de remarketing via Facebook, o Walmart me enviou um catálogo de produtos com base em uma pesquisa que eu fiz no dia anterior no site.

 

Finalmente, uma ferramenta também muito conhecida e utilizada é a Criteo, que rastreia a atividade do seu usuário no site e disponibiliza em uma rede enorme de anunciantes. A grande vantagem da Criteo é também sua desvantagem: a capilaridade na internet. Você consegue alcançar seu visitante em blogs do seu mercado ou, até mesmo, em sites de pesca… imagine que dificilmente a pessoa estará muito feliz em receber um anúncio de lingeries em um fórum de engorda de gado, por exemplo. Por isso, utilize com cuidado para não “queimar” a imagem da sua empresa e piorar seu branding.

 

Exemplo de anúncio da Dell utilizando a Criteo

Exemplo de anúncio da Dell utilizando a Criteo

 

Com essas estratégias de remarketing, você conseguirá fazer com que os visitantes curiosos que saíram do seu site voltem e, finalmente, convertam-se em clientes durante a Black Friday.

 

Conclusão

 

Como você pôde ver através deste guia, existem inúmeras maneiras de atuar durante a Black Friday, desde um marketing pesado de guerrilha, queimando reservas em anúncios e se fazendo ouvir através da “força””, até a abstenção total da Black Friday para o fortalecimento de branding.

 

No entanto, para pequenas e médias lojas virtuais, recomendamos essas táticas mais tradicionais que demonstramos ao longo deste artigo. Vale lembrar, também, que para maximizar conversão e vendas neste evento o marketing boca a boca é essencial para construir um bom relacionamento e aumentar suas vendas por indicação de clientes.

 

Nos próximos dias iremos, também, lançar um novo guia para como você pode se aproveitar da movimentação da Black Friday para gerar vendas por muitos meses a fio.

 

	Boas dicas de marketing boca a boca para e-commerce

Quer saber como fazer após a Black Friday para gerar vendas recorrentes?

Cadastre seu email!

 

Henrique Cavalieri
Henrique Cavalieri
Colaborador da Ditiz, com vasta experiência no desenvolvimento de startups e pequenos negócios. Ensino empreendedorismo para MEIs e donos de empresas iniciantes das comunidades de Belo Horizonte, sendo o Marketing Digital meu foco.
//]]>